11.12.09

cartão-postal

[Tarsila do Amaral]

Meu caro amigo,


você não imagina o que é uma semana. O dia todo trabalhando, algazarra na sala de aula, criança chutando criança, rabiscando criança, beliscando criança, arremessando borracha, papelzinho. Cacilda! Tou ficando maluco com tanta indisciplina, me diz o politicamente correto. O pós moderno e a etiqueta social. Agora veja bem uma mãe, sozinha, cuidando de quarenta e cinco filhos. Multiplica por seis. Pra sobreviver, pra ter o que comer, ao menos o queijo e o café nutritivo, sem nos proibir o cigarro e a cachaça, porque senão a gente surta ou, se quiserem acabar com tudo, pode nos enterrar. Definitivo. Aliás, lacra o caixão e diz adeus.
Além do uísque ser o melhor companheiro, como dizia o conselho do amigo engarrafado, ele anda fazendo milagres e até ressuscita.


Um forte imenso e tudo abraçado
do teu Ulissezinho